14 de dezembro de 2016

[Resenha] Se Eu Ficar

Livro: Se Eu Ficar
Escritor(a): Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Classificação:
Sinopse: A última coisa de que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... E o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.|Skoob
















Mia Hall é uma violoncelista que mora no estado do Oregon, Mia tem a música como algo muito importante na sua vida, ela até já pensou em desistir, mas o seu amor pela música era maior que qualquer coisa. Em um dia de inverno, não houve aula nem para ela nem para seu irmão pelo acúmulo de neve na cidade, e seus pais também não foram trabalhar, e como toda a família estariam livres, decidiram visitar a casa de uns amigos dos pais de Mia, e quando eles estavam na estrada um caminhão bateu no carro em que eles estavam, provocando a morte dos pais e do irmão de Mia. Mia continuou viva, em coma, porém tinha consciência de estar viva, mas não sabia se queria se entregar a morte ou viver.

O livro se passa em 24 horas, e nessas 24 horas, a Mia está em coma e recebe visita de seus avós, sua amiga, seu namorado, e muitas outras pessoas passam pelo hospital para vê-la, e Mia percebe o carinho que todos sentem por ela, e isso a deixa num dilema que é entre viver ou morrer, pois ela descobre que a decisão de acordar ou se entregar a morte depende exclusivamente dela, mas e como ficará a vida dela sem seus pais? Sem o seu irmão que ela tanto amava, qual decisão a Mia deve tomar? E é sobre essa decisão que se trata o livro.

Primeiramente quero dizer que esse livro não me fez chorar nem me tocou no coração nem nada disso que muitas pessoas que leram dizem, mas não achei o livro ruim. O que eu não entendi é que a história é boa, é bem escrita mas não me prendeu, o porquê eu não sei. Apesar de não ser um dos melhores livros que li eu recomendo sim o livro, é um livro que dá para se ler em um dia e é uma leitura fácil. Eu dei 3 estrelas para esse livro porque é uma história boa e bem escrita mas não é todo esse alvoroço de emoções que dizem.

3 comentários:

  1. Eu entendo sua opinião Nívea, mas eu amei esse livro, cada página me fazia chorar litros, talvez você não tenha se envolvido tanto com a história pois os capítulos passam muito rápidos e você não consegue sentir tudo que a autora quer passar, mas o livro é lindo e eu amei.

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro, mas entendo sua opinião pela adaptação.
    Assisti porque o livro estava super famoso e comentado e eu não tinha vontade de comprá-lo. Então assisti o filme, se não me engano, na Netflix.
    É bom. Morno. Tem uma história boa, mas acredito que como o livro, não prende a gente. Não faz chorar nem nada.
    E olha que sou chorona rs
    beijos, beijos
    www.livroseafetos.blogspot.com

    ResponderExcluir